Cookies
chat form contactos
   Mais Noticias

4 estratégias para uma indústria de impressão mais flexível e resiliente

Novidades | 27 de Junho de 2024

Geral
4 estratégias para uma indústria de impressão mais flexível e resiliente
Tal como muitos outros dentro e fora da indústria de impressão, eventos recentes forçaram-nos a reavaliar, redefinir estratégias e, em muitos casos, reconfigurar para um futuro que parece muito diferente do que era à apenas um ou dois anos atrás.

Embora a indústria de impressão tenha reportado uma queda de 13% na receita em 2020, a pandemia impulsionou um aumento de 8% na quota do digital vs. Offset (segundo dados da IT Strategies).

Em muitas operações produtivas, a quantidade de trabalhos de grande e média tiragem do passado estão a diminuir, sendo substituídos por uma mistura mais diversificada de trabalhos mais curtos que exigem várias tecnologias de impressão e acabamento, assim como uma cada vez maior procura por aplicações especiais.

Manter a operação lucrativa requer atender aos mercados tradicionais de forma eficiente e económica investindo em soluções que impulsionam o crescimento e que possam dar resposta a uma crescente procura por trabalhos de curta tiragem e com tempos de produção reduzidos.

Esta é uma oportunidade que se adapta perfeitamente à produção digital em jato de tinta. E embora 80% dos fornecedores de serviços de impressão não tenham atualmente produção em jato de tinta, 26% desses 80% dizem que planeiam investir em jato de tinta, mais especificamente em jato de tinta de folha solta (segundo dados da Keypoint Intelligence, 2021).

Embora não exista um modelo único de sucesso para integrar jato de tinta nas operações de impressão de produção, aumentar a resiliência e proteger o investimento significa otimizar custos enquanto se automatiza tarefas redundantes e se investe em tecnologia ajustada às atuais necessidades de produção. Estar preparado para o crescimento significa complementar as tecnologias tradicionais com aquelas que fornecem recursos novos e de maior valor acrescentado. É um equilíbrio delicado e que será completamente diferente de operação para operação.

A abordagem conjunta, ou “Better Together”, reconhece a grande variedade de tecnologias de produção disponíveis para atender às necessidades da indústria de impressão e responde com uma visão aberta das soluções tecnológicas modulares e escaláveis que se vão adaptar às necessidades e objetivos de hoje e de amanhã.

É uma visão holística onde a tecnologia de jato de tinta de produção é complementar ao offset e ao digital de tinta seca, oferecendo níveis de qualidade diversificada e económica, opções de produtividade e manipulação de múltiplos suportes de impressão, tudo suportado na automação do fluxo de trabalho de forma integrada e numa coexistência perfeita.

Com tantas opções tecnológicas disponíveis, escolher a melhor para atingir os objetivos pode ser um quebra-cabeça, mas há certas estratégias que quando combinadas com jato de tinta de produção da maneira certa podem proporcionar uma importante base para flexibilizar, potenciar crescimento e salvaguardar a proteção do investimento.

1. Optimizar Custos
Reavaliar o TCO otimizando os custos transversalmente a cada tipo de trabalho para incrementar a rentabilidade.
Exemplo disso pode passar por apurar objetivamente todos os custos escondidos que estão associados à produção de cada trabalho, para que possam ser tomadas decisões de migração de trabalhos entre diferentes tecnologias de impressão tendo por base dados concretos.

2. Redimensionar
Incrementar a flexibilidade entre os diversos equipamentos de impressão e acabamento por forma a responder aos requisitos de hoje e dando escalabilidade para amanhã.
Exemplo disso pode passar por ter em consideração quando é que a produção a jato de tinta faz sentido criando redundância e cortando custos, redimensionando a capacidade ou otimizando a qualidade.

3. Expandir Capacidades
Expanda o seu negócio oferecendo novos produtos de valor acrescentado e respondendo a novas necessidades dos seus clientes.
Exemplo disso poderá passar por entrar no mundo de novas aplicações de valor acrescentado e produzidas “on-demand”, tirando partido de formatos estendidos, efeitos especiais que combinam cores para além do CMYK ou tão simplesmente ampliando a latitude de suportes de impressão utilizados.

4. Automatizar
Aumente sua produtividade agilizando a produção, eliminando redundâncias e tarefas morosas.
Exemplo disso pode passar por simplificar tarefas de preparação como a pré-validação e imposição, direcionar os trabalhos automaticamente para a máquina de impressão mais adequada tendo em consideração as características do trabalho para que cada solução de produção possa ser utilizada onde é vantajosa ou oferecendo serviços via uma loja on-line simplificando e automatizando a angariação de trabalho.

Estando cientes que uma vez mais assistimos a múltiplos fatores a nível global que afetam as cadeias de produção e distribuição e que tudo isto terá impactos na forma como até hoje o mercado procurava a produção de trabalho gráfico, é o momento de reavaliar posicionamentos de mercado e processos produtivos por forma a que a oferta se possa ajustar às necessidades de hoje e responder à aquilo que o mercado amanhã solicitará.
Faça o seu comentário
Envie-nos o seu comentário, questão ou opinião.

As nossas Sugestões

Pedido de Contacto

Faça o seu pedido de Contacto